Saiba como resolver problemas de ereção

O homem que sofre com problemas de ereção não por terminar por não se sentir muito digno, um sentimento que acaba por impactar em sua autoestima e atrapalhar a qualidade de vida.

São várias as causas que levam a disfunção erétil, mas fato é que ela traz prejuízos reais para vida de cada paciente.

De onde surge a impotência sexual

Em sua caracterização, a disfunção erétil ocorre em quadro prolongado onde o homem não consegue ter uma ereção, ou quando ela existe não dura ou é incapaz de promover a penetração.

Este problema pode atingir homens de todas as idades, por diversos motivos diferentes. É fato que a idade é o fator diferenciado dos demais, onde as pessoas mais acometidas por problemas de ereção encontram-se após os 50 anos de idade. Pessoas mais jovens tem a sofrer com situações de cunho psicológico que refletem na qualidade da vida sexual.

Veja o vídeo a seguir para conhecer mais sobre o assunto:

Dentre as principais causas que levam o homem a disfunção erétil, estão:

  • Uso de drogas
  • Obesidade
  • Consumo de determinados tipos de medicamentos
  • Consumo excessivo de álcool
  • Fumar
  • Distúrbios ligados a questões psicológicas
  • Doenças que possam levar a disfunção como algo secundário

A pessoas que sofre com problemas de ereção ainda pode sofrer com outros fatores, como o caso de observar a redução da quantidade de pelos pelo corpo, diminuição evidente do órgão sexual e ejaculação precoce.

Quando alcança uma ereção é preciso muito foco para mantê-la e mesmo assim, na maior parte das vezes essa é uma tarefa impossível. Esse problema também pode ser evidenciado com a redução de ereções que se pode verificar ao acordar.

Como tratar problemas de ereção

A melhor forma de tratamento sempre é aquela que foi indicada por um médico, por exemplo, não se pode tratar algo que é psicológico com as medicações tradicionais, pois a causa não vai sumir, e o inverso também é verdadeiro.

Dentre as principais opções para tratamento da disfunção erétil, estão:

  • Bombas a vácuo
  • Medicação (viagra, CIalis, entre outros)
  • Cirurgia (prótese)
  • Uso de suplementos, principalmente os naturais como o Erectill
  • Reposição hormonal